Prefeitura de Diadema

26 de novembro de 2008

O músico pode ser arranjosor, intérprete, regente e compositor, pode trabalhar com música popular ou erudita, em atividades culturais ou recreativas, em pesquisa ou desenvolvimento, na edição, impressão ou reprodução de gravações. Dia 22 de novembro foi o dia de Santa Cecília, padroeira dos músicos, por isso, na data se comemora o ‘Dia do Músico’. E foi pensando em homenagear esses profissionais, que a Casa da Música de Diadema montou uma programação especial, que vai até 29 de novembro, para celebrar a data.

O show mais esperado da programação será realizado no dia 28 de novembro, a partir das 19h, onde a Banda Jazz Sinfônica de Diadema apresentará no palco externo da Casa da Música, um concerto de Música Popular Brasileira (MPB), com a participação especial da cantora Fabiana Cozza. O repertório terá canções de mestres como Paulinho da Viola, Chico Buarque, Cartola, Tom Jobim e Francis Hime. O evento é gratuito e recomendado para toda a família. 

A semana terá, ainda, as apresentações da Big Band da Casa da Música, no dia 26; do Grupo de Choro e dos Corais Popular e Juvenil da Casa da Música, no dia 27; e da Orquestra da Casa da Música, Quinteto de Madeiras da Banda Jazz Sinfônica, entre outros grupos, no dia 29 de novembro, para o encerramento da programação . Todos os shows serão realizados na Casa da Música, a partir das 19h. 

Jazz Sinfônica – Criada em 2001, a partir da Lira Musical Diadema, a Banda Jazz Sinfônica é conhecida por seu repertório variado, baseado em músicas de compositores clássicos e populares. É semelhante às Big-Bands Norte-Americanas, que fizeram grande sucesso nas décadas de 30 e 40. É composta por 26 músicos, sendo um terço deles formado pela Casa da Música de Diadema. O maestro é o norte-americano Todd Murphy.

Segundo Murphy, uma característica presente na Jazz Sinfônica é a preocupação em apresentar uma música de qualidade para o público. “Buscamos trabalhar música de alto nível, que envolva pessoas de todas as idades e classes”, conta o regente. 

A convidada – A paulistana Fabiana Cozza (32), tem 12 anos de carreira e durante essa jornada lançou os CD’s “O Samba é o Meu Dom” (2005) e “Quando o Céu Clarear” (2008). Recebeu as indicações para Revelação e Melhor Cantora de Samba já em seu primeiro trabalho e participou do Prêmio Rival Petrobrás, na categoria Artista Revelação. Foi indicada, ainda, ao Prêmio Tim 2008, na categoria Melhor Cantora de Samba pelo lançamento de seu segundo disco.
 
Nos últimos anos, Fabiana tem sido convidada por ícones da música brasileira e internacional a participar de shows, entre eles: João Bosco, Chico César, Zimbo Trio, Jair Rodrigues, Francis Hime, Carlos Lyra, Ivan Lins, Almir Guineto, Leci Brandão, Julio Padrón (trompetista cubano) e Yaniel Matos (pianista cubano). A cantora também tem dividido o palco com músicos contemporâneos, como as cantoras Maria Rita e Ceumar, o rapper Rappin’ Hood e os paulistanos do grupo Quinteto em Branco e Preto

Claudia Mayara 

Serviço

Banda Jazz Sinfônica

Casa da Música – Avenida Alda, 255, Centro. Tel: 4051-2628. Dia: 28 de novembro, às 19h.

Ir para o conteúdo