Prefeitura de Diadema

27 de novembro de 2008

O palco da vez é a Biblioteca Central. Estudantes do EJA – Educação de Jovens e Adultos – freqüentadores do espaço e o público em geral, compõem a platéia para assistir e participar da apresentação do Sarau Poético de Lucineide Guimarães e Eliana Marques. É na eloqüência e entonação da voz das intérpretes que as frases ganham vida e constroem o imaginário do universo referenciado.

Poesias e contos de Cecília Meireles, Alice Ruiz, Manoel de Barros, Paulo Leminski, Elisa Lucinda, Adélia Prado, Mário Quintana e Arnaldo Antunes ganham voz e o público pode interpretar a emoção dos autores no ato da construção artística.

 A apresentação percorre as seis estações dispostas no local que são compostas por banners, músicas e objetos que representam o conto. O sarau, que surgiu na Idade Média, marca o encontro de um grupo para o recital de poesias, danças, teatro e inspira a criação de novas manifestações artísticas. 

O cantor Zeca Baleiro também é destaque no Sarau Poético. A canção “Quase nada”, do álbum Líricas, composição em parceria com Alice Ruiz, aparece em uma das seis estações. Para provocar um debate e reflexão, os espectadores são agraciados com uma xícara de chá ao final da apresentação.

A escolha da biblioteca como palco pretende aproximar o público das obras e autores citados. O acervo de 30 mil livros fica disponível para empréstimos e pesquisas. 

Beatriz Prado 

Serviço:

Sarau Poético com Eliana Marques e Lucineide Guimarães

Dia – 28/11 na Biblioteca Central – Av. Sete de setembro, 470 – Centro 

Ir para o conteúdo