Prefeitura de Diadema

4 de março de 2013

Cursos terão aulas teóricas, práticas e vivência nos restaurantes populares

Por Renata Nascimento

Entre os meses de fevereiro e março, a Prefeitura está realizando curso para capacitar manipuladores de alimentos de cerca de 90 entidades parceiras do Programa Banco de Alimentos.

Dentre os objetivos principais da ação estão orientar o profissional que manuseia alimentos sobre a importância de uma alimentação saudável e equilibrada, apresentar princípios de higiene nessa manipulação, relacionar os principais cuidados na seleção, compra e armazenamento, além de incentivar o aproveitamento integral dos alimentos.

Com isso, será possível aumentar o grau de conhecimento dos manipuladores, contribuir na escolha de preparações culinárias mais saudáveis e reduzir o risco de doenças transmitidas por alimentos.

A capacitação é uma realização do Programa de Educação Alimentar e Nutricional de Diadema (PEAND), em parceria com os programas Banco de Alimentos e o Restaurante Popular.

Como funciona

Os participantes são divididos em quatro turmas, sendo duas compostas por entidades com produção de refeições no local e duas de atendimento às famílias. A capacitação inclui oficinas teóricas e práticas que acontecem no período da tarde e de vivências nos Restaurantes Populares da cidade, localizados nos bairros Campanário e Serraria, durante os períodos matutino e vespertino. As aulas acontecem uma vez por semana a cada 15 dias com cada turma. Na primeira quinzena de março, estão agendados cinco encontros.

No início do curso, dia 19 de fevereiro, foi aplicado um questionário para avaliar o conhecimento de cada participante. Ao final do curso, com última aula prevista para 27 de março, será realizado outro para analisar o aproveitamento do conteúdo abordado. Além disso, o monitoramento após a capacitação será pactuado entre a entidade parceira e uma equipe técnica do Banco de Alimentos.

Ao final do curso, será entregue certificado aos participantes que estiveram presentes em 70% dos encontros, realizados no Centro de Referência de Segurança Alimentar e Nutricional de Diadema Josué de Castro (CRESAND) e Restaurantes Populares.

Banco de Alimentos – Criado em outubro de 2003, é um equipamento público que arrecada alimentos provenientes de doações, que são distribuídas às entidades sócio-assistenciais do município parceiras desse projeto, além de contribuir com o combate ao desperdício de alimentos.

PEAND – Desde 2003, o Programa de Educação Alimentar e Nutricional de Diadema divulga informações e orientações sobre bons hábitos alimentares, respeitando a diversidade cultural, combatendo o desperdício de alimentos e estimulando a aprendizagem sobre a alimentação saudável.

Restaurante Popular – É um equipamento público criado, em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), que fornece refeições balanceadas e saborosas a custo baixo. Atualmente, o valor de cada refeição é de R$ 1,50. Além disto, fortalece a cidadania com a utilização do espaço físico para o desenvolvimento de diversas atividades educacionais e culturais.

Banco de Alimentos
Rua Amélia Eugênia, 397 – Centro.
Tel.: (11) 4057 8008 / 4057 8025.

Centro de Referência de Segurança Alimentar e Nutricional de Diadema Josué de Castro (CRESAND) / Programa de Educação Alimentar e Nutricional de Diadema (PEAND)
Rua Primeiro Sargento Nestor Romualdo Tenório, 102 – Jardim Maria Cláudia.
Tel.: (11) 4053-3940 / 4053 3945.

Restaurante Popular Serraria
Avenida Lico Maia, 891 – Serraria.
Tel.: (11) 4056 1284.

Restaurante Popular Campanário
Avenida Luiz Carlos Prestes, 606 – Jardim Campanário.
Tel.: (11) 4091 7157.

{joscommentenable}

Ir para o conteúdo