Prefeitura de Diadema

16 de outubro de 2014

 

A Prefeitura vem trabalhando para oferecer um atendimento com mais qualidade para a população. Diadema, assim como o país todo, vem enfrentando dificuldades na área da saúde. Ainda há muito que melhorar e a Administração está se empenhando ao máximo.
 
Foram solicitados 35 médicos para o Programa Mais Médicos, porém vieram apenas 10. O prefeito foi à Brasília para solicitar investimentos para a cidade e aguarda resposta do Governo Federal. Mesmo assim, a cidade já avançou em alguns pontos:
 
– Entrega reforma da UBS Promissão e da UBS Ruyce
 
– Implantação do Programa Saúde em Movimento para humanização o atendimento e melhorar a qualidade do serviço prestado
 
– Carreta da mamografia com mais de 1.200 atendimentos
 
– Início da reforma do Hospital Municipal (troca de piso, luminárias, torneiras e assentos nos vasos dos banheiros, manutenção geral e pintura dos corredores e consultórios do pavimento térreo, além de substituição de pisos gastos ou faltantes)
 
– Três UBSs estão sendo reformadas. São elas: Inamar, Reid e Real.
 
– Diadema recebeu o Prêmio da Secretaria de Estado da Saúde pelas ações realizadas de controle e combate à tuberculose
 
E o que vem por aí:
 
– Carreta da Rede Lucy Montoro (unidade móvel)
 
– Implantação da Rede Lucy Montoro no Quarteirão da Saúde
 
– Construção do AME (a Prefeitura já indicou o terreno para implantação)
 
– Reforma de mais 12 UBSs
 
Diadema investe mais de 30% do orçamento do município na Saúde e precisa de recursos das outras esferas de governo (Estadual e Federal) para manter os serviços de qualidade.
 
Há dificuldade em fixar profissionais, mas a contratação de médicos está aberta e todo profissional que queira trabalhar aqui é bem vindo. O valor do plantão médico para atuar na cidade aumentou e vamos fazer muito mais.
 
Esse é um caminho longo e temos que caminhar juntos.
 
Prefeitura de Diadema
 
16 de outubro de 2014

 

Ir para o conteúdo