Prefeitura de Diadema

29 de outubro de 2008

 Gabriela Nunes/PMD
 

A prefeitura concluiu a recuperação asfáltica de dezesseis principais vias do município por onde circulam linhas de ônibus. O recapeamento dos trechos exigiu recursos da ordem de R$ 2,9 milhões e completou a segunda parte da manutenção que começou no início do ano. Para deixar as ruas em ordem foram aplicados 137 mil metros quadrados de pavimento e feita a sinalização de solo.



Nos últimos anos a Prefeitura investiu muito no recapeamento de ruas. Segundo o secretário de Serviços e Obras, Luiz Carlos Theóphilo, a prioridade da manutenção ficou para corredores de ônibus, principais acessos e locais onde funcionam feiras livres. “Fizemos recuperação asfáltica por toda a cidade, mas priorizamos os locais mais movimentados e de feiras porque há muito desgaste no asfalto”, diz. Complementando, o secretário ressalta que ruas com pavimento em bom estado evitam acidentes, agiliza o trânsito e deixa a cidade mais bonita.

Investimentos – No período de 2001 a 2008 os recursos aplicados pela Prefeitura em recapeamento foram de 20 milhões de reais. Com verbas próprias e obtidas juntos ao governo federal foi realizada manutenção em mais de 800 mil metros quadrados de ruas em bairros, núcleos habitacionais e loteamentos de interesse social.

É o caso dos núcleos Celite, Conceição III e Jardim Marilene, e os loteamentos Jardim Rosinha e Rosa de Luxembrugo que receberam a manutenção. Recentemente foi concluído o recape das ruas Vicente Adamo Zara e Jequitibás e, atualmente, a Secretaria de Serviços e Obras está colocando capa asfáltica nas ruas Projetada, Shita e Tiguaçu no bairro Eldorado. Até o final do ano será a vem do Núcleo Habitacional Jardim União receber a melhoria.

 Gabriela/PMD
 

Entre as grandes vias foram contempladas as avenidas Alda, Kennedy, Brasília, Piraporinha, Fábio Eduardo Ramos Esquível, Assembléia e Antonio Piranga e as ruas Orense, Estrada do Rufino, Rio de Janeiro e Visconde do Rio Branco, entre outras. 

Plano Comunitário – Outra forma de pavimentar ruas é por meio do plano comunitário de asfalto. Neste caso a Prefeitura entra com a infra-estrutura (abertura da rua e aplicação de guias e sarjetas) e a população paga em mensalidades o asfalto. Por esse método foi pavimentado o Núcleo Vila Conquista, um dos maiores da cidade e onde residem mais de três mil famílias, e o loteamento Por do Sol. Atualmente, o plano comunitário de asfalto vem sendo executado em 16 ruas dos conjuntos habitacionais Amuhadi I e II, no Jardim Inamar.  

Iara S. Luz

Ir para o conteúdo