Prefeitura de Diadema

19 de março de 2015

Em operação inédita e conjunta, a Guarda Civil Municipal de Diadema (GCM) e

 

Por Marcos Luiz

Em operação inédita e conjunta, a Guarda Civil Municipal de Diadema (GCM) e o Departamento Estadual de Trânsito do Estado de São Paulo (Detran) lavraram 44 autuações, apreenderam sete motos e um automóvel, na manhã desta quarta-feira (18/3), na avenida Fábio Eduardo Ramos Esquivel, sentido centro, sob o viaduto da Rodovia dos Imigrantes, em Diadema. No total foram vistoriadas 72 motocicletas e cinco automóveis.

A parceria é fruto do sucesso do Projeto Transitando nos CFCs (Centros de Formação de Condutores), desenvolvido pela GCM de Diadema junto a sete CFCs da cidade. Por meio de aulas teóricas e práticas, os guardas que atuam no trânsito orientam os futuros motoristas sobre legislação e direção segura. Desde que foi lançado em julho de 2014, o projeto já atendeu 1.100 alunos. A ação chegou ao conhecimento do órgão estadual, o qual enviou nota de elogio ao prefeito de Diadema, Lauro Michels, e, posteriormente, solicitou a realização da ação conjunta com a GCM.  

O motociclista Romero Teixeira Marques, morador de Diadema, foi um dos motociclistas vistoriados na operação CGMD-Detran, mas liberado sem nenhuma autuação. “Eu não me queixo das blitzes de trânsito, porque deixa os cidadãos com mais segurança e tranquilidade”, avalia.

Segundo o assessor da Superintendência do Detran, Lucas Cantarella, essa primeira operação em conjunto com o município de Diadema servirá de experiência para as próximas ações. “Queremos aprimorar e estender essa experiência para outras cidades. Não estamos preocupados com a quantidade, mas com a qualidade desse trabalho pioneiro. Independentemente dos números finais, o balanço é de que a ação cumpriu o objetivo”, finaliza.

A Operação GCM-Detran, que mobilizou 39 GCMs e quatro agentes do Detran,  teve como objetivo verificar se a documentação dos automóveis (IPVA, Carteira de Habilitação, Seguro Obrigatório – DPVAT e Certificado de Licenciamento – CRLV) estavam em dia, além das condições que cada veículo se encontra quanto a itens de segurança (uso de capacete, validade do extintor de incêndio, presença do triângulo e “macaco”, além de outros equipamentos de segurança e sinalização) e manutenção.

A fiscalização conjunta também teve o apoio da Coordenadoria Regional dos Pátios de Veículos Apreendidos do ABC e do Ciretran Diadema.

 

Ir para o conteúdo