Prefeitura de Diadema

24 de novembro de 2008

Duas experiências municipais desenvolvidas com o Programa Bolsa Família serão publicadas no Observatório de Boas Práticas na gestão do Programa Bolsa Família, do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).

A secretária de Assistência Social e Cidadania, Cormarie Guimarães Perez, participará da cerimônia de premiação, que será realizada em Brasília, na segunda e terça-feira, dias  24 e 25 de novembro.  

O Projeto ‘Transformando Realidade e Superando Desigualdades’ de Diadema foi inscrito dentro da categoria: Articulação de Programas Complementares. Ele foi desenvolvido após a constatação pela equipe municipal do Programa Bolsa Família, de que as famílias não participavam de cursos de capacitações oferecidos no município, por motivos como baixa auto-estima, dificuldade de locomoção, entre outros fatores. Dessa maneira as chances de colocação no mercado de trabalho ficavam prejudicadas.

Dentro dessa realidade, a Secretaria de Assistência Social e Cidadania e a Fundação Florestan Fernandes organizaram cursos, com adequação do currículo à realidade do público-alvo, diferenciado pela baixa escolaridade e condições socioeconômicas, que atenderam 800 famílias de baixa renda, sendo 150 delas beneficiárias do Programa. 

O outro projeto inscrito foi a ‘Comissão de Controle Social do Bolsa Família’, instituída com o objetivo de acompanhar as ações desenvolvidas no Programa Bolsa Família.  O Ministério recebeu 692 inscrições e dessas 443 serão publicadas no Observatório que tem o objetivo de mapear e divulgar as experiências bem-sucedidas.  

Ana Machado

Ir para o conteúdo