Prefeitura de Diadema

23 de novembro de 2023

Nome da unidade escolar homenageia líder comunitário do bairro que atuou pela conquista da escola e de outras melhorias

No próximo sábado (25), o bairro de Serraria, em Diadema, vai comemorar os 30 anos da fundação da EMEB Albino Freitas. Inaugurada pelo prefeito José de Filippi Júnior em 28 de novembro de 1993, a creche já atendeu mais de 6 mil crianças entre 0 e 6 anos. A diretora Elaine Custódio dos Santos, que trabalha há 27 anos no local, e a vice-diretora Valéria Monteiro dos Santos, que já superou os 30, viveram toda essa história. “Albino é a minha escola do coração. Para mim é um orgulho comemorar essa data tão importante”, conta a vice, que participou da festa de fundação da instituição.

São cerca de 60 funcionários divididos entre limpeza, cozinha, zeladoria, administração e corpo docente. “Essa creche foi uma reivindicação da comunidade e hoje atende 185 crianças”, explica a diretora Elaine. “Iniciei aqui como professora em 1997, logo no início de tudo. Comemorar esses 30 anos me traz grande emoção, pois vivi cada mudança ocorrida nesse período.”

A diretora Elaine Custódio dos Santos, a vice-diretora Valéria Monteiro dos Santos e a coordenadora pedagógica, Simone Cristina Batista, ajudaram a construir a história de mais de 6 mil crianças do Serraria

A Escola Municipal de Ensino Básico recebeu o nome de um líder comunitário do bairro. Aos 8 anos, o carioca Albino Freitas chegou à cidade de São Paulo. Nascido em 27 de janeiro de 1935, Freitas foi um dos primeiros moradores do Serraria. Ao perceber que o bairro precisava crescer, batalhou junto à comunidade por melhorias como saneamento básico, linhas de ônibus, asfalto, luz e outros benefícios. Ajudou, inclusive, na conquista de uma creche, sem saber que ela teria o seu nome. Ele morreu em 25 de maio de 2004, aos 72 anos.

Em homenagem aos trabalhos prestados pela vice-diretora, a sala dos professores da EMEB vai se chamar “Sala dos Professores Valéria Monteiro dos Santos”. “Iniciei aqui a minha carreira, há 30 anos, e pretendo me aposentar em breve. Me sinto muito privilegiada por poder acompanhar a evolução da escola, do bairro e das famílias. É uma honra para mim”, expressou a homenageada.

Crianças atendidas na EMEB Albino Freitas no início dos anos 2000

O dia 25 será recheado de atividades e atrações para animar os participantes. Oficinas interativas (sensações e brincar), apresentações inspiradas no livro “A Lagarta Comilona” e na música “A estátua diferente” e contação de histórias vão animar a festa. O coral de funcionários, no finalzinho das comemorações, vai cantar “A Estrada”, da banda Cidade Negra, e “É Preciso Saber Viver”, dos Titãs. Além de tudo isso, as barracas (espetinhos, refrigerantes, bolos, doces e outros) vão ajudar a repor as energias de quem acompanhar as atividades. O evento vai acontecer das 9 às 15 horas, na rua dona Divina Pereira Chaves, 45, Serraria.

Texto: Roberto Joaquim de Oliveira
Fotos: Divulgação e Arquivo Pessoal

23/11/2023

Ir para o conteúdo