A mesa de reflexão com o tema “Direitos Humanos e os desafios para os conselhos municipais”, a ser realizada nesta sexta-feira (10), confirma o empenho da administração em aprofundar o assunto junto à população neste ano em que houve o reavivamento dos conselhos e a retomada da escuta popular para a definição das políticas públicas de Diadema.

A mesa de reflexão com o tema “Direitos Humanos e os desafios para os conselhos municipais”, a ser realizada nesta sexta-feira (10), confirma o empenho da administração em aprofundar o assunto junto à população neste ano em que houve o reavivamento dos conselhos e a retomada da escuta popular para a definição das políticas públicas de Diadema.

O encontro pretende estimular a discussão sobre Direitos Humanos em cada um dos conselhos populares, e vai formalizar o protocolo do projeto de lei que cria o Conselho Municipal de Direitos Humanos da cidade.

Estarão presentes no evento duas autoridades sobre o tema, a ativista e militante feminina Rosalina Santa Cruz, formada em Serviço Social e professora da PUC-SP, e o advogado Ariel de Castro Alves, presidente do grupo Tortura Nunca Mais e vice presidente da Comissão da Criança e do Adolescente da OAB Nacional. A moderação do debate será feita por Fatinha Queiroz, secretária de Planejamento e Gestão.

Todos estão convidados, com foco nos conselheiros, lideranças sociais e comunitárias, entidades e associações. O evento acontece nesta sexta-feira (10), às 18h, no auditório do Quarteirão da Saúde, na av. Antonio Piranga, 700, no Centro.