Prefeitura de Diadema

28 de janeiro de 2015

Outros Serviços do Meio Ambiente

 

Declaração solicitada pela CETESB e necessária em todas as aberturas de licença ambiental de atividades industriais.

 

Quem pode solicitar?  Sócio ou Procurador (quando houver CONTRATO SOCIAL ou MINUTA)
— Qualquer pessoa (quando NÃO houver CONTRATO SOCIAL ou MINUTA)

Quem é o Interessado?  Empresa/Razão Social (quando tratar de empresa CONSTITUÍDA/COM CNPJ)
— Sócio (quando tratar de empresa NÃO CONSTITUÍDA/SEM CNPJ)
— Requerente (quando o solicitante for QUALQUER PESSOA)

Taxa: — NÃO HÁ

Documentação Necessária:

1. Requerimento, obrigatório no atendimento presencial, contendo:                                                         Baixe aqui o Requerimento
  — Número da Inscrição Imobiliária (IPTU)                                                                                             
                                                                                                                                                                   
2. RG e CPF, ou CNH, ou Identificação Profissional                                                                                 

3. Contrato Social ou Documento equivalente (para pessoa jurídica, se for o caso)

4. Procuração recente, ao Requerente (se for o caso)

Orientações: 

– Quando tratar-se de empresa NÃO CONSTITUÍDA/SEM CNPJ, ANEXAR MINUTA DO CONTRATO SOCIAL;

– Quando tratar-se de QUALQUER PESSOA SOLICITANDO, ANEXAR DECLARAÇÃO CONTENDO DESCRIÇÃO COMPLETA DA ATIVIDADE DA EMPRESA.

 

Onde solicitar:

Através de Processo eletrônico, clique aqui. Consulte, sempre que precisar, os Manuais de Instruções do Processo Eletrônico.

 

Legislação: LC Nº 2597 de 03/01/2007 – Política Municipal de Gestão Ambiental
                   LC Nº 273 de 08/07/2008 – Plano Diretor do Município de Diadema
                   LC Nº 59 de 23/08/1996 – Código de Obras e Edificações
                   Decreto Nº 7406 de 2017 alterado pelo Decreto Nº 7613 de 2019 – Processo Eletrônico
                   Decreto Nº 6979 de 27 de Março de 2014 – Normas Processuais

 

Ir para o conteúdo