Prefeitura de Diadema

3 de novembro de 2023

Equipe visitou Quarteirão da Educação, que reunirá quadras poliesportivas, piscinas cobertas e instalações esportivas, e conheceu as ações já desenvolvidas na área; entre os requisitos avaliados estão promover inclusão social, cultura e educação pela democratização do esporte

Da esquerda para a direita. Deivid Couto (secretário de Governo de Diadema), Bianca Assumpção (tradutora), João Macário (Aces América do Sul), Paulo Cesar Prata Teixeira (Aces Europe), Ademir Parker (Aces América do Sul), Pati Ferreira (vice prefeita de Diadema), José Luiz Alexandre Penna Devessa (Diretor de Esporte de Diadema), José de Filippi Junior (prefeito de Diadema), Luciana Avelino (secretária de Esporte de Diadema), John Swanson (Aces Europe), Nuno Pedro Brás dos Santos (Aces Europe), Lukas Vorel Adams (Aces Europe), Luciana Santos (diretora de Lazer de Diadema) e Carlos Augusto Peres (tradutor)

Nesta sexta-feira (03/11), o prefeito de Diadema José de Filippi Junior recebeu a comitiva da Associação das Capitais e Cidades Europeias do Esporte (ACES) que irá avaliar Diadema como candidata para receber o título de Cidade Sul Americana do Esporte para 2024. Durante a reunião, a comitiva recebeu um dossiê técnico com os programas e ações de promoção esportiva e de lazer implementados pela Prefeitura, nos últimos anos, além de camisetas da Campanha Cidade SulAmericana do Esporte 2024 e do time da cidade, Água Santa.

“Este documento é um balanço de todo o trabalho de políticas públicas na área do esporte. E essas políticas públicas fazem parte de duas estratégias: ter uma saúde melhor e, nesse sentido, o esporte é decisivo para prevenção de doenças, boa saúde física e mental, e desenvolver a cultura de paz, com promoção da convivência, do respeito entre as pessoas independente da idade, cor ou sexo. O esporte é decisivo para a qualidade de vida das pessoas”, afirmou Filippi.

O encontro, realizado no Paço Municipal, contou com a presença da vice prefeita, Pati Ferreira; do secretário de Governo, Deivid Couto; da secretária de Esporte e lazer, Lucina Avelino, além de diretores das áreas envolvidas. Já a comissão de avaliação da ACES é composta por representantes da Europa, John Swanson, Nuno Pedro Brás dos Santos e Lukas Varel Adams, e da América do Sul, Ademir Parker e João Macário.

Para o representante da ACE Europa, John Swanson, a prática esportiva tem papel motivador no desenvolvimento da sociedade. “É importante que o esporte seja para todos, especialmente em áreas de vulnerabilidade. As crianças precisam ter esperança pelo esporte”, ressaltou.

A secretária municipal lembrou que o esporte é um instrumento muito precioso para chegar até as pessoas e tocá-las. “Pelo esporte, transformamos Diadema em uma cidade educadora, com cultura de paz, que leva a cidadania a todos e que, acima de tudo, convida as pessoas a serem atores da transformação social. Nós não ensinamos somente as modalidades esportivas nem as práticas corporais, nós vamos além. Fortalecemos, no sentido de pertencimento dessas pessoas, o amor à cidade e o amor ao coletivo”, enfatizou Luciana.

Após o encontro, no gabinete do prefeito, o grupo seguiu para o canteiro de obras do Quarteirão da Educação, conhecer o complexo educacional, esportivo e cultural, no Jardim Promissão. Serão 25 mil metros quadrados de área construída, com prédios para ensino fundamental, infantil e creche, quadras poliesportivas, salas de ginástica, piscinas cobertas para aulas de natação, hidroginástica e atividades recreativas, além de teatro e cineteatro. O investimento total será de R$ 140 milhões e a previsão de entrega para o ano de 2024.

A estrutura apresentada foi avaliada como positiva. Para John Swanson, “É importante que a cidade de Diadema que, agora está em um patamar, daqui a um ano, esteja em outro patamar melhor”.
A agenda do primeiro dia de avaliação ainda incluiu apresentações de dança do Programa Mulheres em Movimento e do 3º Festival de Ginástica Artística, no Ginásio João do Pulo, no Canhema.

Avaliação em curso
O selo de Cidade Sul America do Esporte é chancelado pelo Parlamento Europeu, com o apoio da Unesco, e concedido a cidades que promovem a inclusão social, a cultura e a educação, por meio da democratização do acesso ao esporte.

Diadema se candidatou ao título em março deste ano e a visita da comitiva para conhecer as ações presencialmente demonstra a possibilidade real de conquista do Selo. “É o reconhecimento do trabalho da nossa equipe e estímulo para que os cidadãos de todas as faixas etárias possam ter mais oportunidades pelo esporte. Nossa proposta é ampla, atende as áreas da cidade, as diversas faixas etárias e modalidades”, assegurou Filippi.

No sábado, os representantes europeus ainda acompanharão festivais de futebol de campo e de voleibol, ações de lazer na piscina no Clube Municipal Mané Garrincha e, no Parque do Paço, além da 3 ª etapa do Projeto Skate.

Já no domingo (05/11), será a cerimônia de Defesa Técnica do Dossiê do Esporte e Lazer para a comitiva da ACES, no auditório da Secretaria de Educação. Para conquista do selo é preciso que o município obtenha, no mínimo, nota 8 na Defesa Técnica das ações, além de avaliação positiva da comitiva internacional. O resultado será divulgado na segunda-feira (06/11).

Por Renata Nascimento
Foto: Dino Santos

Ir para o conteúdo