Prefeitura de Diadema

4 de fevereiro de 2013

Inscrição para participar do projeto pode ser feita nos CRAS. Próprio adolescente é quem faz o pedido

Por Ana Machado

Começam na próxima segunda-feira (04/02) e vão até a sexta-feira (08/02) as inscrições para o Projeto Adolescente Aprendiz/Projovem Adolescente de Diadema.

Os jovens com idades entre 14 e 16 anos devem fazer suas inscrições em um dos quatro Centros de Referência da Assistência Social do município (CRAS), mais próximos a sua residência, ou na sede do Conseg da Vila São José. O horário é das 9h às 11h30 e das 13h30 às 16h. Veja endereços abaixo.

Quem deve fazer a inscrição é o adolescente, munido do RG original, e comprovante de endereço e o cartão do Bolsa Família, para aqueles cujas famílias sejam beneficiárias do Programa de Transferência de Renda.

O Projeto Adolescente Aprendiz disponibilizará 1.100 vagas, e serão formados 41 coletivos em núcleos habitacionais espalhados pelas quatro regiões da cidade, com turmas de 25 a 30 jovens cada uma. Este ano os coletivos ficarão sediados em 16 núcleos do Projeto, que ficam localizados em centros culturais, igrejas, centros comunitários entre outros locais. As aulas começam dia 18 de fevereiro.

O Adolescente Aprendiz existe em Diadema desde 2001, sendo que a partir de 2010, o Projeto, por meio de uma parceria, se uniu ao Projovem Adolescente, do Governo Federal. Os jovens recebem bolsa-aprendizado de R$ 65,00, sendo que as bolsas são pagas pela Prefeitura e o Governo Federal ajuda no custeio das atividades.

O projeto é voltado aos jovens que moram em áreas de maior vulnerabilidade, como moradores de Núcleos Habitacionais; jovens de famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família; que estejam em situação de risco pessoal e social; encaminhados por serviços de proteção do município, ou órgãos do Sistema de Garantia de Direitos.

O trabalho tem como meta fortalecer a convivência familiar e comunitária, incentivar o retorno à escola daqueles que se encontram afastados e a permanência no sistema de ensino.

Nas aulas os jovens são estimulados à convivência social, participação na sociedade, além de receberem uma formação geral para o mundo do trabalho.

No início do curso eles são incentivados a se conhecerem melhor e às suas famílias, fazendo um resgate da sua história. Essa proposta culmina com o ‘Livro da Vida’ que eles fazem durante todo o ano e apresentam ao final das atividades.

CRAS Centro Oeste
Avenida Lico Maia, 256 – Serraria

CRAS Leste
Rua Prudente de Morais, 306 – Promissão

CRAS Sul
Avenida Nossa Senhora dos Navegantes, 1090 – Eldorado

CRAS Norte
Praça Celite, s/nº – Campanário

Conseg
Rua Barão de Iguape, 140 – Vila Sâo José

{joscommentenable}

Ir para o conteúdo